Novo sistema permite acesso a informações sobre operação de crédito pela internet

negocios-macro-central-setembro​O Banco Central criou o “Sistema Registrato”, que permite ao cidadão ter acesso de forma rápida e segura, pela internet, às informações sobre suas operações de crédito e outros relacionamentos com o sistema financeiro.

Com o novo sistema, para obter essas informações, os cidadãos não precisarão mais se deslocar às representações do BC ou remeter pelos correios solicitação com firma reconhecida em cartório e cópias de documentos pessoais também autenticadas. Para garantir o sigilo dos dados pessoais dos requerentes, o novo sistema incorpora  padrões de segurança de identificação eletrônica do cliente bancário desenvolvidos nos serviços de internet banking utilizados pelos bancos. Continuar lendo

BC aprimora regras para o registro de reclamações

reclamações-bancosO Banco Central publicou a Circular 3.729 aperfeiçoando as regras para o registro e o tratamento de reclamações contra instituições financeiras registradas por cidadãos, em substituição àquelas previstas na Circular nº 3.289, de 2005. A nova regulamentação entra em vigor em 2 de janeiro de 2015.

A medida visa a promover a melhoria da qualidade das respostas oferecidas pelas instituições financeiras aos reclamantes e ao Banco Central, favorecendo a efetividade das ações de supervisão de conduta, de regulação e de educação financeira a partir das demandas apresentadas. Continuar lendo

TEMPOS VERBAIS: Tomando rumo – Por Paulo Roberto Rezende

Paulo Roberto Rezende é palestrante e consultor nas áreas de Treinamento e Desenvolvimento, Liderança, Planejamento Estratégico, Comunicação Empresarial, Redação Técnica, entre outras. Graduado em Língua Portuguesa e Literatura Brasileira, com pós-graduação em Gestão Estratégica Empresarial e em Docência de Ensino de Nível Superior.

“Se completou 18, 19 anos, por ser muito jovem e não possuir experiência, não interessa ao mercado de trabalho; se passou dos 40, está cheio de vícios e é velho demais…”

Certamente, todos já ouvimos afirmações parecidas com essa, seja dita por amigos, por algum familiar ou, quem sabe, por nós mesmos. Em regra, embarcamos no discurso e ajudamos a jogar pedra nos empresários, no governo, na globalização, no professor que não ensina nada, na torcida do flamengo e por aí vai. Mas, afinal, esse paradoxo é verdadeiro? Se for, como o jovem vai adquirir experiência e o que os mais idosos vão fazer da vida se ambos estiverem, digamos, “disponíveis” no mercado? Continuar lendo

CAUSA & EFEITO: Rede Transporte: novos rumos para o Cooperativismo de Transporte no Brasil – por Abdul Nasser e Ronaldo Gaudio

Abdul Nasser é especialista em Direito Tributário e em Gestão de Cooperativas. Ronaldo Gaudio é especialista em Direito Processual Civil e MBA em Business Law. Ambos são sócios da Gaudio & Nasser Advogados Associados.

Os serviços de transporte demandam grande investimento em veículos, estruturas logísticas, insumos, manutenção e outros. Apesar de movimentar grande quantidade de recursos, a margem de ganho é apertada.

O IR e INSS, respectivamente, têm 10% e 20% de base de cálculo, sendo prova do reconhecimento dos elevados custos nas operações de cargas. Isso sem contar intercorrências (multas, acidentes etc), custos administrativos da cooperativa e eventuais operações de auxiliares. Por todas estas questões, a estimativa de lucratividade para o setor de transporte fica entre 3% e 6%.

As cooperativas ainda têm sua contratação onerada em 15% de INSS devido pelo contratante, o que vem restringindo seu mercado. Já a tributação para empresas de capital tem passado por uma série de desonerações, dificultando ainda mais a vida das cooperativas. Continuar lendo

Crianças aprendem o cooperativismo brincando

SONY DSC

Saber economizar e guardar dinheiro começa ainda quando criança. E aprender a cooperar, será que dá para ensinar aos pequenos? O projeto “Aprendendo a Cooperar” mostrou que isso pode acontecer. Filhos e netos de cooperados do Sicoob Coosuff participaram da iniciativa e levaram nota 10. A primeira edição do projeto – fruto da parceria entre o Sistema OCB/Sescoop-RJ e o Sicoob Central Rio – foi realizada na última quinta-feira (06/11), no Instituto de Educação Física da Universidade Federal Fluminense (UFF), em Niterói.

Amparado no 5º Princípio do Cooperativo (Educação, Formação e Informação) a meta do “Aprendendo a Cooperar” é divulgar e fomentar a educação cooperativista e financeira com uma metodologia de fácil absorção da mensagem com atividades focadas na divisão, solidariedade e cooperação. Junto ao projeto foi promovida uma ação do Dia C com uma representação de forma lúdica, da conscientização e necessidade de uma boa higiene bucal e os benefícios de uma escovação.

Continuar lendo

TRIBUNA COOPERATIVISTA: As Cooperativas de Interesse Público “Régies Cooperativas” – por Arnaldo Leite

Arnaldo Leite é professor de Cooperativismo, economista e Investigador em Cooperativismo e Economia Social, CEO em Estratégia das Organizações do Terceiro Setor, co-fundador do Observatório Internacional Econômico e Social, da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias.

Bernard Lavergne, economista francês e professor em Lille, foi considerado o maior teórico das Régies Cooperativas.

No seu livro “Le Socialisme Coopératif”, define as Régies como sendo toda a cooperativa que se caracteriza pelo fato dos seus membros serem principalmente “… pessoas morais de direito público: Estado, Províncias, Municípios, outras Instituições Públicas”. Continuar lendo

Debate jurídico esclarece dúvidas de transportadores

Gerais da Feira (15)A atividade dos transportadores de cargas é regida por um conjunto de leis específicas, que muitas vezes causam dúvidas entre empresariado e funcionários. Pensando em esclarecer essas questões, a Fenacargo 2014 promoveu o Fórum Jurídico Especializado do Setor de Transporte Rodoviário de Cargas e Logística, reunindo um time de especialistas do setor para tratar de assuntos como a responsabilidade por acidentes, a contratação de transportadores autônomos e os tributos existentes nesta área. Continuar lendo